O Requinte de Hannibal + Fatos Interessantes (Especial Hannibal 9/9)

E chegamos ao final do nosso Especial Hannibal. Eu não pensei que seria capaz de destrinchar uma obra dessa forma, mas quando a história é boa, temos muito que conversar.

Hannibal, do Thomas Harris, elevou meu padrão de leitura, o que me rendeu uma, enorme ressaca literária. Nada parece tão bom no momento e foi necessário um total afastamento dos livros para me recuperar. 

Pausa para um desabafo: A única coisa que PRECISO ressaltar é sobre a edição pobre que a Editora Record deu à essa obra. Lançado na versão pocket, deixa a desejar em muitos aspectos. É feia, com capas desinteressantes e material ruim, frágil. 

Mas vamos seguir...


E como não poderia faltar, mesmo depois de falar sobre todos os livros, todos os filmes e as três temporadas da série, sobraram curiosidades e pontos espalhados que merecem algum destaque. Separei por tópicos e espero que seja uma boa despedida. Vamos lá:

Fatos interessantes (emaranhados) ENTRE os três formatos dessa obra:


  •  Mason Verger aparece já mutilado e no último livro (Hannibal), uma vez que na série aparece bem antes e enfrenta até mesmo Will Grahan. Dessa forma, temos o prazer (ou não) de vê-lo alimentando alguns cachorros com pedaços do seu próprio rosto! 

  • Will tem uma pequena participação nos livros. O destaque é de Clarice Starling. Mas a série - talvez prevendo seu cancelamento - colocou todos os pontos principais vividos por ela na série, só que protagonizados por Will Grahan. Temos Hannibal cortando uma cabeça para comer o cérebro. Temos um agente implorando ajuda de Hannibal e temos o final tão poético de Clarice e Hannibal, mas com Will e Hannibal.  
Não faltou nada! Nem uma cena importante foi ignorada!


  • Dr. Bloom dos livros virou Dra Bloon que chega a ter um caso romântico com Hannibal, se envolvendo também no caso Verger tempos depois com Margot Verger (irmã de Mason).

  • Margot é descrita, nos livros, como lésbicas. Do tipo "quase homem" mesmo. Nos filmes ela nem existe, mas na série ela é linda e extremamente feminina. Os fãs notaram essa mudança e bem no final ganhamos um enorme presente, quando ela acaba se envolvendo com Alan Bloon QUE nos livros é homem!!!
Adorei esse jogo de sexos trocados.


  • Nos livros, Hannibal tem 6 dedos na mão esquerda, algo que não apareceu nem na série e nem nos filmes. Aliás, nessa cena acima ele esconde o metal na mão direita, porque sabe que o guarda irá observar sua, estranha, mão esquerda. No terceiro volume, quando ele foge para o Brasil, esse dedo é retirado. Aposto que foi no Hospital das Clínicas (rs).


  • O odiado Dr. Frederick Chilton foi a vítima queimada do Dragão na série, enquanto no livro a vítima foi Fred Louds. O repórter, que por sua vez era uma mulher na série. Acontece que na segunda temporada, Will Grahan encena a morte de Fred exatamente da forma que ela morreria nos livros e essa encenação é citada pelo Hannibal, quando o Dragão sequestra o maldito doutor. A troca de vítimas ficou divertida para os fãs!

  • A série conseguiu mostrar, perfeitamente, o quanto a mente de Hannibal trabalha a seu favor. Principalmente quando preso, Dr. Lecter usa toda sua imaginação para se ver livre de seu cárcere. Ele praticamente sai de seu corpo é vaga pelas construções que criou há muitos anos e que vem decorando com o passar dos tempos. Isso fica claro nesse trecho do livro 3 (Hannibal), quando ele se instala na biblioteca do Palazzo Caponi em Florença:
"Os espaços, a altura das salas do palácio, são importantes para o Dr. Lecter depois de anos confinado num espaço pequeno. Mais importante, ele sente uma ressonância com o lugar; é o único prédio particular que ele já viu e que se aproxima, em dimensão e detalhes, ao palácio de memórias que mantém desde a juventude".


  • Existe um personagem que foi, completamente, ignorado na série que teve uma importância enorme nos livros e nos filmes: O enfermeiro Barney. Barney foi o único que chegou perto de Hannibal e não saiu ferido. Ele foi prova viva de que o Dr. Lecter não suporta quem é rude, pois agiu com delicadeza e respeito e ganhou noites e noites de profunda conversa com o preso. Lecter deixou Barney se aproximar por que era tratado com respeito por ele e quando foi solto, nunca o procurou para se vingar. Ele fez o contrário com Dr. Chilton.
Essa cena, em particular, foi deliciosa. Hannibal dá uma bronca "daquelas" em Freddy.
Delícia de ver!!!
  • Freddy Lounds foi irritante em todas as versões dessa história. Nos livros ele é um homem é foi interpretado pelo falecido Philip Seymour Hoffman. Ele desempenhou um papel magnífico, foi extremamente fiel ao do livro. Já na série Freddy é uma mulher (Lara Jean Chorostecki), tão chata, mas tão chata, mas tão chata que vou odiar a atriz pra sempre. Isso prova o quanto ela foi boa. Palmas para os dois Freddys de ambos os sexos!

  • A série recebeu a notícia de que seria cancelada e teve tempo para preparar sua terceira e ultima temporada. Por conta disso, colocou aspectos dos livros seguintes (Silêncio dos Inocentes e Hannibal) no meio da história, só para agradar os fãs e terminou seu arco onde os livros começam: Dragão Vermelho. Então foi como se tivéssemos ganhado O ANTES mesmo, como eu havia falado, mas também particularidades de todos os volumes. Temos referências para dar e vender, mas de uma forma bastante inédita e original.

Algumas notícias de que a série ganharia uma nova temporada estão sendo espalhadas por aí. Parece que estão apenas procurando uma nova produtora. Quem sabe ainda conheceremos Clarice Starling dentro dessa produção magnífica?

Pare de chorar, Hannibal...
9 posts só para você é o suficiente.

Bem, esse foi o fim do nosso #EspecialHannibal, eu comemorei meu aniversário aqui com vocês e não poderia ser melhor do que foi: falando de uma das minhas obras preferidas no mundo. 

Espero que tenham gostado e lembre-se: Sempre que possível, tente comer o rude!


2 comentários

  1. Oi, Camila! Como, pra mim, o melhor da série se chama Mads Mikkelsen, vou rever 007 - Cassino Royale enquanto espero por Doutor Estranho e Star Wars: Rogue One para matar a saudade. :) Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Que post nostálgico! Deu vontade de reler os livros, rever os filmes e a série. Espero que Hannibal retorne!
    Abraços
    Blog do Ben Oliveira

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...