Um Bate-papo diferente

Eu tenho uma surpresa para vocês hoje. Vou emprestar para o blog uma de minhas amigas que definitivamente se destaca por ser inteligente e interessante. Uma das pessoas com quem adoro conversar e discutir sobre tudo. A melhor lembrança de tempos difíceis que já passei e o meu maior presente em termos de amizade. Cresci muito com ela e me diverti com isso. Espero que gostem do texto da Carol (minha amiga louca) que tem tudo a ver com nossa Vida Complicada.
Um Bate-papo diferente

Olá, meu nome é Carolina, tenho 28 anos e sou amiga da Camila há pouco mais de 4 anos. O fato de ela ceder este espaço no blog para mim tem muito a ver com a própria historia da nossa amizade, que posso resumir em uma palavra: Conversa. Não qualquer conversa, mas longos e complexos debates sobre relacionamentos amorosos e animais. Sim, animais! Junte uma bióloga e uma zootecnista com uma dose de loucura e acidez e daremos graça a qualquer assunto!

Pachyrhachis problematicus
E foi basicamente dessa forma que nossa amizade sempre fluiu, ela me contando sobre a Pachyrhachis problematicus, uma cobra pré histórica e eu sobre namoros. Para quem não sabe a Camila é uma especialista em cobras, quase posso ouvir ela dizendo: "Carol não é cobraaa, é serpente!". Acho que eu preferia ter sido uma especialista em serpentes do que ter tanto o que contar sobre o outro assunto, mas aqui vai um resumo.

Meu primeiro namoro foi aos 15 anos, quando eu havia me mudado para o interior de São Paulo em São José do Rio Preto, nessa idade eu também aprendi o que era liberdade já que na capital o significado desta palavra é pouco conhecido. Desde então, nunca mais parei de conhecer pessoas e criar vínculos. Lendo assim parece uma forma bonitinha de dizer que sou uma biscate ou carente, mas odeio rótulos e sempre me policio para não julgar as pessoas. Para mim, a grande verdade é que sou encantada pelo ser humano e suas múltiplas facetas, isso também não quer dizer que eu o entenda, porém acredito que não existe melhor forma de interagir e evoluir como pessoa do que quando se namora, você tem os benefícios da amizade e o bônus do amor/paixão/tesão. Se isso dá certo, perfeito! A evolução está em todo o trajeto até dar certo de verdade, não é fácil.

Depois de todos os namoricos e dramas da adolescência eu tive a chance de chegar na faculdade com alguma bagagem emocional, isso eu gosto de atribuir ao fato de ser uma pessoa muito observadora e auto-analítica, ser assim ajuda muito a aprender com seus próprios erros.

Ah.. a faculdade! Como vivemos até ali sem ela? Quem fez sabe! É uma bomba de sentimentos e experiências, tudo concentrado em 5 anos! Para mim foi um processo de evolução muito intenso, principalmente pelo fato de ter morado sozinha em outra cidade. Não diferente, nessa fase tive dois longos namoros com memórias que guardo com muito carinho, um deles até me rendeu o status de noiva, infelizmente não estava preparada para o status seguinte.

Após essa fase eu já não era mais adolescente, estava formada, em crise existencial (quem pensou em suicídio depois da faculdade levanta a mão!) e finalmente entrei na fase dos 25 aos 30 (que é a fase em que me encontro) onde a maioria das mulheres inicia uma busca silenciosa por um parceiro que seja companheiro, amigo, romântico, bonito, inteligente, rico, estável, carinhoso, engraçado, bem-humorado, querido, sincero, fiel, ético e criativo e ainda de forma que não interfira na outra busca importante da sua vida: A carreira.

Gente tudo bem, é natural a mulher buscar o melhor pra si e ela nunca quer pouco, o problema é quando você não esta realmente focada em encontrar o homem ideal porque ai quem vai vestir a camisa dessa busca por você  são seus familiares e quanto mais se aproximar dos 40mais você vai sentir a cobrança...depois dos 40 eles costumam dar como caso perdido.

Depois de ferir e ser ferida tantas vezes vocês devem estar se perguntando porque eu ainda não desisti. Eu posso falar por mim que ainda não desisti porque tenho muita fé nas pessoas e na vida. A coisa que mais me impulsiona a buscar uma situação que irá me satisfazer plenamente é o encantamento que tenho pela vida e sua capacidade de dar voltas e nos surpreender.

Quando se trata de relacionamentos a mensagem que gosto de deixar é que não existem paradigmas, nada é realmente fácil mas devemos tentar buscar o equilíbrio entre a auto estima e saber ceder e principalmente nunca fechar o coração. Prefiro ter vivido todos os namoros e nenhum ter dado certo do que nunca ter conhecido todas essas pessoas legais, que me ensinaram coisas interessantes e me fizeram viver momentos inesquecíveis.

Pachyrhachis problematicus ali em cima é que foi feliz, só tinha que cumprir com o ciclo natural da vida: nascer, crescer, reproduzir e morrer. Na minha opinião o “problematicus" mesmo é o ser humano.

15 comentários

  1. Que delícia de texto amiga!
    Concordo com cada palavra! Hahahaha com certeza o problematicus somos nós! kkkk

    Beijo Carol! Vc é demais!

    ResponderExcluir
  2. Texto excelente pra eu começar meu dia. Só por ter me feito sorrir, fico grato. Meu dia precisava disso, querida Camila.
    Eita gente complicada é toda gente desse mundo. Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Camila! Eu só sei de uma coisa: quero distância desse papo de cobras, serpentes ou coisa parecida, tenho horror! rsrs. Porém, após a leitura do texto, fiquei até com vontade de ser amiga da sua amiga também, que cabeça boa e isso anda tão raro hoje em dia! O texto é supimpa!

    Beijos a você e a Carolina também.

    ResponderExcluir
  4. Prazer em conhecer seu texto, Carol! A maioria dos namoros não termina em casamento e "felizes para sempre". Acho que seus namoros deram certo sim, porque você parece guardar boas lembranças e carinho pelos ex. Namoro que dá errado todo mundo já teve. Termina em trauma emocional e/ou físico. Namorar é fazer test-drive. Só pode ser ruim se batermos num poste. Continue testando com cuidado e sem culpas. Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Camila,
    Adorei o bate-papo com a Carol (bate-papo ainda tem hífen?).
    Queridinha da titia, vc sabe que pode pegar o que quiser lá do GD, nem precisa perguntar!
    xoxo

    Gosto disto!

    ResponderExcluir
  6. Carol,adorei teu texto e saber de ti e tive que rir, minha cabeça fez uma relação entre namorado e cobra,rsrs... Gostei de te conhecer!beijos,chica

    ResponderExcluir
  7. "(...)para mim, a grande verdade é que sou encantada pelo ser humano e suas múltiplas facetas, isso também não quer dizer que eu o entenda"... Bingo! Tenho entendido e desentendido o ser humano numa inconstância absurda. Mas é parte do aprendizado, né?

    A verdade é que não domino muito bem os temas cobras ou relacionamentos, mas enfim, sigamos.

    Carol, amiga da Camilouquinha, uma delícia te ler. Venha mais vezes.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  8. Bonito depoimento...

    Um abraço, Camila.

    ResponderExcluir
  9. oi Camis,

    que papo mais gostoso,
    Carol muito bom te conhecer,
    adoro me relacionar,
    mas homens cobra,
    eu estou fora...rsrs

    beijinhos as duas
    quem adora a Camis eu adoro também!!!

    ResponderExcluir
  10. Olá pessoal, obrigada pelo carinho! fico feliz que tenham gostado...no minimo se identificado.
    Ca, obrigada pela oportunidade e pela conversa ontem, teve menos de namoro e menos de cobra....estamos evoluindo amiga.. haha
    beijo grande!
    Estarei sempre aqui!

    ResponderExcluir
  11. Olá Camila,

    Excepcional o texto da Carol. Daria para conversar um longo tempo com ela sem entrar em estado de tédio.
    Sua amiga é deveras inteligente e muito interessante. Adoraria tê-la como amiga também.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  12. Adorei o blog, muito lindo, amei tudo. Parabéns mesmo, vou sempre estar aqui (:

    ontendency.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Meninas! Adorei o blog e já estou seguindo... Se quiserem retribuir me seguindo também, ficarei muito feliz! Sejam bem-vindas! Carol, parabéns pelo texto, por sinal, excelente! Gente linda, a vida é simples, nós é que complicamos! Uma sexta-feira abençoada!
    Um final de semana iluminado!
    Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Carol, o texto tá excelente! vc com esse senso de humor raro também...
    Camila, obrigada por abrir esse espaço...um beijo da tia da Carol

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...