Sexy X Vulgar

Então, nós mulheres fomos às ruas, queimamos nossos sutiãs e gritamos pelos nossos direitos. Algumas de nós tiraram (e tiram) as roupas para mostrar que o sexo frágil passa bem longe de nosso dia a dia e não é que deu certo?


Conseguimos nossos direitos de igualdade, tiramos os grandes e pesados vestidos e passamos a usar calças assim como os homens e também fomos liberadas para votar, jogar futebol, beijar em público e até topless podemos fazer (em alguns lugares, é claro).

Nossos empregos podem ser perigosos e ganhamos bem, algumas mulheres ganham melhor que seus maridos e podemos ir dirigindo para o serviço, aliás, nós podemos ter serviços e mudar quando nós queremos, isso não é lindo?!

Temos muitas lutas para travar ainda, muitos gritos e marchas mundo a fora, mas tudo tem limite! Algumas mulheres acham que o simples fato de ter como direito se vestir com o que querem lhes permite sair assim na rua:


Mulheres que não viram nada de errado na imagem acima: Ser sexy não quer dizer a mesma coisa que ser vulgar, ok?!

A moda agora é ser uma fruta, então vivemos nos extremos, ou somos frutas exageradas e vulgares ou somos varetas sem sal e nem açúcar. O que é isso, mulherada?

Mulher Pera
Foi para isso que lutamos? Foi para isso que gritamos esse tempo todo? Vamos mudar sim, mas sem perder a feminilidade – Acho linda essa palavra.

Quer ver como dá para ser sexy cobrindo o corpo todo? Olha isso:


Ah, você gosta de mostrar a pele? Dá certo também olha:


Gosta de mistério? Olha que sexy:


Temos belezas variadas no nosso país, temos meios, variações, formas e cores... O cabelo também pode te deixar sexy sabia? Olha essa:


Estão não seja assim:


Seja assim:


E vamos gritar sim, mas ao atrair os olhares, que não seja de repulsa e sim de admiração, porque ser mulher é ser sexy, discreta, atrevida e educada AO MESMO TEMPO!

Entendeu a responsabilidade?! 

18 comentários

  1. É isso, Camila, concordo contigo, mas com uma pequena ressalva. Minha humilde, possessiva, retrógrada, ciumenta e machista pessoa, não gostaria que a minha amada mostrasse nem um pouquinho da suas pernas, acima do joelho e nem camisas transparentes, a exibir o sutiã.

    Eis uma vestimenta mais viável: http://static.assimsefaz.com.br/images/3/61/674/327885/2/vestidos-l_1353056853593.jpg

    Ao vc falar sobre a mulher usar calças, me lembrei que no final dos anos 60 , ou começo dos 70, aqui, em Belo Horizonte, pintou um movimento, de uns poucos homens, reivindicando os homens usarem saias. Eles, sem serem efeminados, saiam na rua de saias. Chegaram até a participar de programas de TV. Mas isso não vingou, afinal, aqui não é Escócia. rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha essa vestimenta é um pouco demais pro nosso clima né?! hahahaha

      Mas é bonita tb! hhehehe

      Excluir
  2. Oi, Camila! Muita gente erra a mão porque o limite entre o sexy e o vulgar, tanto em termos de roupa quanto de comportamento, é cultural. Muda com o tempo e o lugar aonde se pretende ir. Algumas coisas que usamos hoje, na boa, já foram sinal de vulgaridade total: calça justa de couro, batom vermelho, sandália amarrada no tornozelo, paetê e brilhos durante o dia... Erra menos quem está bem informado sobre o modo de se vestir da sociedade onde vive. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. O que me preocupa na vestimenta sexy ( sendo vulgar ou não ) é que o tipo de atenção que você atrai. É realmente necessário que todos te olhem querendo te comer?
    Não que eu acho que temos que nos vestir igual evangélicas ou andar de burcas, mas por exemplo, tem gente que sensualiza no trabalho, na faculdade, na reunião de condomínio....

    ResponderExcluir
  4. A liberdade não tem limites apenas tem os seus pros e contras tudo o que passa do bom censo cai no ridículo ,eu agora vou ser um pouco irónico ou talvez para alguns "maldoso",no meu caso gosto de comer fruta que eu a possa descascar ,enfim a mulher bem vestida e muito mais interessante e muito mais sexy ai reside o mistério por detrás da roupa e pura sedução e so partir a descoberta ,beijinhos Camila

    ResponderExcluir
  5. oi Camis,

    a vulgaridade está muito mais nos gestos, atitudes e comportamentos,
    tem pessoas que são extremamente extravagantes e mesmo assim são elegantes sem ser vulgar,
    já tem outras que mesmo de pretinho básico...Meu Deus,é um horror...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Concordo contigo a linha que separa o sexy do vulgar é muito, mas muito fina mesmo... rs. É por isso que se erra tanto.

    Beijocas

    ResponderExcluir

  7. Oi Camila,

    Gostei da sua postagem.
    A vulgaridade exala não somente da maneira exibicionista de se vestir, mas também dos gestos, condutas e palavras. A mulher sexy tem personalidade e elegância e despertará sempre respeito e admiração. ainda que esteja mais ousada no vestir.

    Ótimo final de semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Adorei, simplesmente perfeito o post, palavras sábias, concordo em tudo com vc...bjos e sucesso!

    ResponderExcluir
  9. Oi, li alguns posts do seu blog e achei muito interessante,com certeza você tem potencial, vi que você é uma pessoa esforçada que só quer falar e ser ouvida na blogosfera, assim como eu. Posso dizer que gostei muito do que li, sei que será um grande blog pois é de fácil entendimento e o conteúdo é gostoso de ler. Sou Luciana Shirley do blog http://coisasecoisasdalu.blogspot.com.br/ se desejar me visite e siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir
  10. Camila, infelizmente o que está na moda é ser vulgar.
    Aliás, pelo que me parece, vulgar é o novo sexy.
    Parece que quem mostra mais, tem mais vantagem. Resta saber sobre o quê exatamente, neeeaammm? rsrs

    Eu não conhecia seu blog e, como andamos batendo papo via twitter (que coisinha mais legal pra fazer a gente encontrar amigos novos, né?), vim visitá-la hoje que deu tempo. E gostei do que vi. ;)

    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  11. Sou do tempo q a melhor fruta se encontrava em feiras. Bjos.

    ResponderExcluir
  12. Camis, sabe, eu acho que vulgaridade está mais na forma de se comportar do que de se vestir.
    Confesso que tem gente que sabe unir as duas coisas, hahahahahaha.
    Legal essa postagem.

    ResponderExcluir
  13. Excelente post. Esse negócio de funk influencia as adolescentes a ser beem vulgares! Quando lecionava podia ver a diferença entre as adeptas ao gênero e as que não gostam. Não que preferencia musical faz um pessoa ser melhor ou pior, mas a mídia sempre influenciará aqueles que ainda não tem opinião formada.
    bom domingo
    bjs
    sobrevivendomundomoderno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi querida, adorei o post!
    Ser vulgar é perda de tempo, não temos que ser assim. Devemos ser quem somos sem perder o estilo!
    Tenha uma linda semana, beijos!!

    ResponderExcluir
  15. Muito legal"!Adorei ler e ver,rs beijos,ótima semana,chica

    ResponderExcluir
  16. Concordo com você, eu sou do tempo que queimaram os sutiens, o problema é que nem todas as mulheres ficaram felizes com as conquistas, queriam realmente continuar só na vitrine e aí ficam mostrando o corpo para esconder cabeças vazias, ocas, sem conteúdo nenhum...
    Cada uma na sua posição... Que pena!
    bjs
    Vania

    ResponderExcluir
  17. Pra mim sempre valeu a máxima: menos é mais. O problema é que #algumas entenderam que era "menos roupa"... hehehe! Tipo assim: é escondendo que realmente se mostra, nzé? Bjoooooooooooos!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...