[Livro] Os Olhos do dragão - Stephen King

Este é quase um conto de fadas, contado pelo melhor escritor do mundo que fala sobre vingança,
superação e o quanto o uso contínuo de guardanapos nas refeições pode salvar sua vida! E o que seria melhor do que uma história mágica e leve, como última dica antes do Natal?!





Sinopse: O mago da corte de Delain, Flagg, decide que agora, depois de quatrocentos anos de espera é a sua vez de governar. Para isso cria um plano para matar o velho rei e incriminar seu filho mais velho, Pedro, deixando o trono para o mais novo, Tomás, que podia ser facilmente controlado pelo mago. O príncipe Pedro é incriminado e condenado a passar o resto dos dias no Obelisco, onde a única coisa que ele pode fazer é planejar sua fuga e um jeito de punir o verdadeiro culpado pela morte de seu pai.





Classificação

Que livro legal! Pode parecer repetitivo para você o quanto eu começo as resenhas dos livros do King dessa forma, mas o que eu posso fazer se o cara é bom quando escreve contos de fadas, ótimo para os dramas, genial nos romances e magnifico nos suspenses? 

A premissa parece simples e ao ler essa sinopse pensei: Porque esse livro é tão grosso? Então me lembrei de qual escritor estamos falando. Nada, escrito pelo Stephen King, é tão simples assim... 

A história começa bem antes de Peter e seu irmão Thomas nascerem. O rei, com a ajuda do feiticeiro do reino, Flagg, se casa com a rainha Sasha e juntos formam um belíssimo casal, até que Flagg se dá conta da besteira que fez ao perceber o quanto o rei valoriza sua esposa e o quanto ela é boa para o reino e para o povo, por isso trata logo de arrumar um jeito de se livrar dela. Afinal, o feiticeiro quer, acima de tudo, presenciar o caos. 

Queria o que sempre querem os homens malvados: ter poder e usar esse poder para fazer o mal. Ser um rei não lhe interessava, porque as cabeças dos reis não raro iam parar em espigões sobre muros de castelos, quando a situação ia mal".

Ele se alegrava ao ver a discórdia e desavença. Gostava de guerras e oposições. Valorizava os impostos altos e o povo morrendo de fome, enquanto os reis dão festas, mas Sasha não pensava assim e sabia influenciar seu rei. Isso, enquanto ainda estava viva. Depois, tudo ficou muito mais fácil para Flagg.

Mas antes de morrer, dando a luz ao seu segundo filho Thomas, Sasha ensinou muitas coisas para seu primogênito Peter e assim ele cresceu, cheio de valores e boas intenções. 

Os reis crescem e ficam enormes , e é por isso que têm de ter muito cuidado, porque uma pessoa muito grande pode esmagar outras menores com os pés (...). Mas lembre-se de que um dia vidas dependerão de cada movimento que você fizer acordado; até poderão depender de sonhos que lhe venham enquanto estiver dormindo".

Flag logo vê que Peter será um problema para ele e decide que seu preferido para assumir o trono, quando ele se livrar do rei, é Thomas, um garoto bem mais fraco, que não cresceu ouvindo os bons conselhos da mãe. Com as artimanhas que sou um Mago muito experiente tem, elimina o rei e tira Peter da jogada, mas isso é um conto de fadas e estas histórias não costumam terminar dessa forma, costumam? 

Não lhe custou muito tempo decidir que devia ser Thomas, o mais novo. Quando Peter estava com 7 anos, ele (Flagg) concluiu que não gostava do menino. Quando Peter tinha 9, Flagg fez uma estranha e desagradável descoberta: descobriu que tinha medo dele".

Nem os contos de fadas, escritor por Stephen King, terminam assim. Peter é astuto e possui certa influência na corte, mesmo preso na torre mais alta do castelo, longe de todos. Sua personalidade de Rei se sobressai quando ele mais precisa e com isso, podemos sonhar com um final feliz. Ou não... 

E aí viveram felizes para sempre. Não é? Não. Apesar do que dizem as histórias, ninguém vive feliz para sempre..."

Os Olhos do Dragão foi escrito pelo mestre para a sua filha, que não gostava dos outros livros que ele escrevia. Por isso é mais leve e mais mágico, mas nem um pouco mais simples. Que presente incrível. Aposto que ela adorou! 

Os capítulos são curtos, alguns incrivelmente curtos, e foi bem fácil ler. King faz um vai e vem na história que é de encantar. Avançamos e retrocedemos anos e eras sem nem perceber. A escrita dele é aquela mesmo, cheia de descrições e histórias paralelas, mas nada é chato e descartável. 


Para quem quer conhecer Stephen King, sem se borrar de medo à noite, essa é uma excelente dica. A Suma fez o favor de salvar essa obra e criou uma nova capa e diagramou diferente o que fez a leitura ficar bem melhor, porque a minha edição é a antiga e tive 18 enxaquecas lendo. No fim, comprei o e-book e terminei no tablet. Pelo amor de Deus, edições podres são de matar!

E com esta resenha, desejo Feliz Natal para todos. Volto semana que vem, com mais livros e dicas, antes que o ano acabe! 

Ho! Ho! Ho!


4 comentários

  1. Olá Camila!
    Adoro esse livro. Ele só mostra o quão versátil King é. O cara escreve de tudo com maestria.
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas | SORTEIO 250 SEGUIDORES! NOS SIGA E PARTICIPE :)

    ResponderExcluir
  2. Desconhecia esse livro, achei bem legal ele ter escrito para a filha, com uma narrativa bem mais leve e mágica! Nunca li nada dele, mas irei começar por um terrorzinho mesmo >< rs

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Camila... Gostei da dica... Feliz natal para vc tb!!!!!

    livros terapias / Sorteio de Fim de ano

    ResponderExcluir
  4. Se não fosse longo, poderíamos escolher esse livro pro clube, né? Acho que agradaria a todos. Eu me interessei e vou ler ano que vem. Feliz Natal, Camila!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...