Então é Dezembro

Esses dias me peguei desejando feliz natal para uma amiga aqui da blogosfera! Assustei.


Sim, já estamos em DEZEMBRO e isso causa em mim um sentimento de AMOR E ÓDIO ao mesmo tempo. Difícil de entender.
Há alguns anos o NATAL para mim era sinônimo de "chatice". Minha família tem um "Q" tradicional, portanto NATAL e ANO NOVO passa-se (necessariamente) com a família e eu queria morrer por ver todos meus amigos saindo e fazendo bagunça pela rua enquanto eu ficava no jantar imenso e dormia cedo.


Então a vida - que é COMPLICADA DEMAIS - tratou de me dar uma lição e eu passei por uma fase onde precisei demais dessa tal família tradicional e até então chatíssima em datas importantes. BINGO.


Hoje não troco essas pessoas por nada no mundo. Atualmente adoro o SUPER banquete que temos e sou uma das responsáveis por prepará-lo, me divirto demais e curto de verdade estar com todos eles. Minha família é algo impagável, são pessoas maravilhosas, com histórias incríveis e muito amor.


Meu avô imigrante português com seus bem vividos 92 anos de idade conta causos que me deixam hipnotizada. Vive no passado o tempo todo e conserva seus costumes europeus até hoje. Ele mora aqui no Brasil desde os seus 20 e poucos anos se não me engano e ainda tem sotaque!

Minhas avós são figuras fortíssimas, mulheres que lutaram a vida toda cada uma da sua maneira. Como não superar meus pequenos problemas perto de tais pessoas.


Bem, não preciso mencionar meus pais né?! Quem me acompanha sabe o amor que sinto por eles. Minha mãe com sua personalidade invejável, de uma felicidade sem tamanho. Está sempre bem e passa essa alegria pra gente o tempo todo. Meu pai que é o meu maior companheiro, meu melhor amigo e confidente. Sem esse homem certamente já tinha caído a muito tempo.

São pequenas fortalezas que juntas formam essa família, que fala alto pra caramba, que dorme cedo, que tem falta de grana, mas que é feliz demais. Nunca trocaria nada do que tenho hoje pela simples alegria de passar a virada do ano na praia.


O que é a praia perto dessa família?!

O que é comemorar longe de pessoas tão importantes?! Para mim hoje perde o sentido.
Ahhh, a parte ruim?! Bem, essa é outra história, mas dá pra arrastar até o fim do ano. Depois eu conto.

Excelente final de semana a todos!

22 comentários

  1. Poxa, isso é coisa rara, viu, Camila? Vc tem muita sorte. Parabéns! E muita saúde, harmonia e paz para seus pais e avós. Ao ler um post assim, chego a pensar q nem tudo está perdido, ainda resta esperança.

    Final de semana?! Já?! rs

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Camila querida

    Também me assusto quando penso que já estamos em dezembro... E também já pensei assim um dia...
    Mas igualzinho a você, descobri que nada é mais gostoso do que estar com as pessoas que amamos... E no meu caso o que eu acho ruim é que nem todas estão ao meu lado, mas com certeza estarão sempre em meu coração.

    Beijos e linda quarta
    Ani

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Camila, lindo isso ainda mais vindo de uma jovem, numa época em que muitos querem só "curtir" as festas de fim de ano. Família é mesmo a estrutura daqueles que entendem um pouco de amor,por mais próximos que sejam os amigos, jamais serão como os da família, principalmente nos momentos difíceis. Parabéns pela harmonia e pela importância que dão em estarem juntos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Lindo, Cami! A vida é assim, sempre acaba nos dando a oportunidade de crescermos e de darmos valor às coisas e pessoas que realmente importam. Achei este post belissimo e de uma singeleza ímpar. Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Super concordo contigo sobre passarmos essas datas (especialmente Natal e Ano Novo) com a família, pois eles são tudo o que há de mais importante para nós. Eu também adoro passar esses dias com eles, mas ultimamente tenho me dividido por causa do namorado, que também quer a minha presença =/
    Acho que equilibrar esses dois lados é importante :)

    Beijão!

    ResponderExcluir
  6. oi Camis,

    que linda sua família,
    quanta história linda...
    adorei conhecer esse seu lado totalmente família...
    me encantou...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Oi Camila!!
    Natal, para mim, é ao lado da família!
    Vou para Pelotas todo ano ficar com a minha. :) Neste ano, eu e o meu marido até estamos planejando colocar a mão na massa e nós mesmos prepararmos o peru! Depois te digo se ficou bom... O.o
    Agora, o Ano Novo, esse sim... eu caio na gandaia!!!! No ano passado a gente passou em uma praia e neste ano pretendemos repetir a dose.
    Ficar só com o love fazendo festa em uma praia também é algo bom demais! :D
    Bjooo!

    ResponderExcluir
  8. Oi Cami,acho que estas tradições não podem terminar nunca, eu adoro, para mim família é tudo, e temos que valorizá-la, qdo ainda a temos por perto,vai por mim, bjs, Va.

    ResponderExcluir
  9. Oi Camila,
    Aquele livro "Felicidade", do Lair Ribeiro, que li e sorteei no blog, dava como uma das regras da felicidade, valorizar a sua família. Hj valorizo muito mais do que qdo era novinha. Minha família é pequena e não é bem uma família típica, casei e descasei, casei de novo. Sou casada com alguém que fez a mesma coisa, mas conseguimos nos dar bem com todos os ex e nestas épocas o que poderia ser um transtorno vira uma comemoração em uma grande família fracionada, que se une como pode.
    Acho que adoraria conhecer a sua família!
    Beijos 1000 e um meio de semana maravilhoso para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  10. Betty, seria maravilhoso recebe-la juntamente com minha familia! Somos realmente muito unidos e adoramos uma festa hehehe!

    Seria bem vinda!

    ResponderExcluir
  11. Uma familia unida vale muito e um natal em familia é muuuuuito bom! Bela postagem Camilinha!

    ResponderExcluir
  12. Que lindo *-*
    Quase chorei! Até porque já conheço um pouco dessa história x)

    ResponderExcluir
  13. Que coisa boa ter uma família assim. Eu gostaria muito de ter, mas a minha já desisti, como você já sabe.

    No entanto tenho minha família de alma, a que adotei e é onde passo os natais.

    Deus fecha uma porta mas sempre sempre abre uma janela!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  14. o período de natal é o período que mostra que podíamos sermos melhores durante todo o ano

    ResponderExcluir
  15. Natal é melancólico pra mim...De ano novo eu gosto e, claro, prefiro passar na praia, mas é sempre com a família.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Primeiro: gostei do gato/a. Mas acho que é macho:)!
    A forma como falas da família: deliciosa.
    Bjo

    ResponderExcluir
  17. Eu já senti isso tudo também, e quando a gente constata o quanto esse ritual ao lado de um monte de maluco que a gente ama é maravilhoso, nunca mais quer outro destino.

    Beijo, Camilinha sensível.

    ResponderExcluir
  18. Olha, Camila, eu era como você. Quando tinha minha família perto, insistindo para eu passar Natal e Ano-Novo com eles eu queria ir pra zuaçao com os amigos...hoje em dia que há 5 anos estou fora do país e nao sei oq é natal de verdade, eu sinto saudades e como me arrependo daquelas ceias perdidas ou eu de cara amarrada...enfim!!! Aproveite muito, demais, esses momentos pois sao únicos...parece mentira, mas natal e ano-novo longe da família nao é a mesma coisa...
    Beijooos

    ResponderExcluir
  19. Have a lovely time gearing up for Christmas!

    ResponderExcluir
  20. Nunca gostei do Natal por que é geralmente nessa epoca do ano que me toco como o tempo está passando rapido. E eu odeio isso! XD
    Mas gosto da familia reunida e a bagunça de sempre!
    Mas como o Burro do Sherek sempre diz: "Reunião de familia nunca reunião de familia se alguem não terminar chorando. E na maioria das vezes sempre era eu!" haahhahah
    Tenha um bom sabado!
    E um Feliz Natal? oO
    :X

    ResponderExcluir
  21. Olá, querida! Passando pra conhecer o seu cantinho... Adorei, muito legal. Já to seguindo!
    Aproveito p te convidar a conhecer o meu blog de variedades. Informo q o espaço p parcerias está aberto lá no Vou-de-Blog!
    Bjinhos!!

    www.voudeblog.com

    ResponderExcluir
  22. Olá Camila!

    Eu passei anos da minha vida não querendo comemorar nada. Ficava deprimida no natal e Ano Novo. Me negava a comemorar e a participar de festas com a família. Preferia ficar sozinha no meu canto.

    Hoje, minha querida, quero muito comemorar tudo. Me reunir com a família que tanto amo e deixar de viver uma vida de mulher amarga.

    Lindo o que você escreveu. Uma semana iluminada para você.

    Beijos!

    notasdomomento.blogspot.com
    diariodeiza.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...