Facebook: Cuidado aos fracos de idéias

Há algum tempo venho percebendo como anda o comportamento das pessoas em relação as mídias sociais.
Bem, já de cara digo que eu sou apaixonada por Facebook e recentemente comprei um telefone com tecnologia Androide então pela facilidade acabei gostando do Twitter também. (inclusive, declarei meu desapego a ele aqui no blog e agora preciso me retratar, mas fica pra outra hora).


A quantidade de informação nessas redes é incrível, é algo mágico. Quem bobeia ou até mesmo está ocupado demais para se atualizar acaba se vendo perdido em maio a tantos assuntos e polêmicas, muitas vezes recheados de comentários controversos sobre diferentes temas. Mas tem um recurso que facilita demais a tarefa de mostrar ao mundo sua opinião, é um botãozinho mais ou menos assim:


Esse é o famoso ícone do Curtir que anda fazendo com que todos descubram qual a atitude tomar em relação a uma determinada matéria. Não entendeu? Li um texto esses dias indicado pela Carla do Blog ALGO ALÉM DOS LIVROS (Clique Aqui) e nesse artigo fala bem o que penso em apenas meio parágrafo que irei reproduzir aqui:

"... não experimentamos ou lemos mais os conteúdos na internet para tirarmos nossas próprias conclusões, mas procuramos na quantificação das curtidas, pistas para como devemos nos sentir em relação a um determinado conteúdo."

Quer dizer, estou lendo uma reportagem e para falar a verdade não entendi direito o que se trata, mas entre os que curtiram o link está uma pessoa que sei que é sabida das coisas então confio cegamente em tudo e clico em CURTIR e levo essa opinião comigo, para sempre. Está certo isso?

Esses dias vi uma foto horrível de um animal torturado (o povo do Facebook tem essa péssima mania de postar essas coisas) e logo abaixo uma legenda assim: Matança de animais aumenta a cada dia. Juro que tinha mais de 50 "curtidas". Agora me diga o que esse povo está curtindo? Eles leram a legenda?

Cuidado com o que você "curte".

16 comentários

  1. oi Camis,

    curtir significa que gostou não é?
    pois então...
    acho que é mais fácil clicar na mãozinha,
    do que pensar um pouquinho e escrever algo que tenha a ver...
    mas a facilidade e a praticidade parece que apagam aos poucos a inteligência do ser humano...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Verdade.. a informação é muita mas a gnt tem q ter cuidado pra filtrar aquilo que é verdade, aquilo que realmente nos interessa e aquilo que vai nos fazer bem.

    Esse botãozinho de curtir é meio complicado. Seria ideal se tivesse o não curtir bem, né? ou descurtir ... sei lá! kkk

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Respeito sua opinião, Camila, mas sobre redes sociais, estou fora! Fico, até quando não sei, com a blogosfera.

    Uma ótima semana pra vc!

    ResponderExcluir
  4. Que bom que você gostou do texto do Noah Mera, Camila! Eu também concordo com vocês. Já vi gente "curtindo" notas de falecimento no Facebook. :) Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Camila, estes dias uma parceira disse que ia fazer uma cirurgia e por isto estaria ausente e teve asnos que curtiram! Então quer dizer que eles curtiram o fato de ela passar por um processo cirúrgico... Pow... deve ser show passar por isso!
    Cara, esse negócio de curtir virou uma espécie de vício dos faceboqueteiros.

    ResponderExcluir
  6. Camila, anda acontecendo de você curtir uma foto que um amigo seu compartilhou e aparecer que vc curtiu apenas a foto. Não o discurso inteiro. Aí parece que vc compartilha daquela opinião absurda. Na verdade, penso que seja uma falha da rede que já devia ter sido corrigida há mto tempo, porque já li muita reclamação sobre isso. OUtro dia um amigo, publicou um declaração revoltado a respeito. Porque ele curtiu uma foto com um texto sobre racismo e apareceu apenas a foto com o texto racista, não o texto do post que era contra op racismo. Quando ele viu, ele apagou e fez o alerta aos amigos.

    bjss

    ResponderExcluir
  7. Camila, o que me impressiona nas redes sociais é a facilidade de algumas pessoas em revelar a personalidade e até mesmo o caráter através do que publicam ou curtem. Confesso que ando decepcionada com aquelas que eu achava conhecer um pouco, porém diante das tonguices compartilhadas, vi que não era nada daquilo que eu imaginava, olhe que são pessoas até próximas do meu convívio, infelizmente!
    Você tratou dessa realidade com muita propriedade em seu texto, amei!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Camila,
    Tenho pavor de foto de animais sendo maltratados e de pessoas machucadas. É estranho este "curtir", mas creio que muita gente usa para sinalizar a quem postou que leu aquilo ali.
    Tenha uma ótima semana!
    xoxo

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  9. Camilinha, tem gente que nem sabe o que lê... É tudo lesado!

    ResponderExcluir
  10. Muito interessante seu ponto de vista....curti! kkkk...Bj e fk c Deus.

    ResponderExcluir
  11. Compartilho da tua opinião. Lá, eu pouco curto ou compartilho, justamente por isso, a gente acaba perdendo a identidade tantos são as opções seguidas.

    Mas enfim, é mesmo assim.
    Por isso que lá eu só vou pra brincar com quem se leva a sério demais, religioso demais, correto demais...

    Beijocas, minha revolucionária preferencial.

    ResponderExcluir
  12. Olá Camila,

    Concordo, por isso quase não visito o face. Ou pouco compartilho algo por lá. Se eu tivesse mais tempo participaria comentando e não apenas curtindo.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  13. A turma dos SN (sem noção) cada vez aumenta mais..rss

    Camilinha seguinte: depois do lançamento eu entro em contato ok?
    o livro ainda não está a venda.
    meu beijo

    ResponderExcluir
  14. Mas isso Mila, é igual a ver um filme ou ler um livro. Há pessoas que param pensam interpretam o livro e o filme, e tentam tirar algum aprendizado. Eu gosto muito de fazer isso, depois de um filme ou um livro, conversar com a minha irmã ou minha patroa sobre os ditos cujos. E isso serve para o curtir do face. Há pessoas que colocaram curtir pela imagem e não pelo texto. Outras irão parar e pensar um pouco. Isso é muito de cada um.

    Enfim,

    Beijoss


    ----
    Site Oficial: JimCarbonera.com
    Rascunhos: PalavraVadia.blogspot.com
    Rasuras visuais: The-Tramp-Mind.tumblr.com

    ResponderExcluir
  15. Pois é, Camis...
    Temos que checar todas as informações, tem de tudo por aí, infelizmente!!!
    Eu tenho uma certa preguiça com algumas redes sociais. Amo o twitter, mas falta paciência p/ Face :S
    Bjo

    ResponderExcluir
  16. Que bom que você gostou, Camila.., mas é interessante verificar o quanto a interface do site favorece essa nossa era de informação viral.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...