Os 7 pecados da leitura


Vi essa brincadeira em um blog e achei bacana trazer para cá e transformá-lo em um dos meus posts de Dica de Livros. Então eu falarei hoje não de uma obra literária, mas sim de 7. Dei umas modificadas na original para ficar mais a cara do blog e no final acabou virando um post gigante. Espero que seja proveitoso!

Os pecados:
  
1- Avareza: Qual é seu livro preferido mais caro? E o mais barato?


Acredito que foi o Senhor dos Anéis, volume único e bem na época do lançamento do filme. Lembro que foi difícil comprá-lo justamente pelo valor e porque havia esgotado em todos os lugares. Eu fiquei maluca pela obra porque como todos sabem a leitura é bem mais rica em detalhes do que o filme e eu PRE-CI-SA-VA ler antes de assistir. A história, todos já conhecem não preciso me alongar nesse título. Valeu cada centavo.
 
***
  

Já o mais barato e que me agradou muito foi um nacional chamado Pescaria de Corpos que também foi difícil de achar porque saiu somente uma edição do livro e tive que procurá-lo com outros leitores e não custou dinheiro e sim outro livro que eu nem havia gostado (por isso saiu de graça pra mim). Interessei-me por se tratar da história de um Serial Killer aqui no Brasil o que raramente é escrito e por ter uma linguagem bem universal apesar de falar muito dos lugares daqui. Passa-se no Rio de Janeiro. Não chega a ser um clássico, mas tem todo um diferencial de obras brasileiras. É de uma escritora chamada Cláudia Mattos.
 
 
2 - Ira: Com qual autor ou obra você tem uma relação de amor e ódio?
 
 
Essa é fácil... Amo e odeio Paulo Coelho. Adoro seus livros, gosto mesmo do jeito que ele escreve, mas odeio todos seus finais. Simplesmente não me identifico com nenhum The End que ele cria. Passo raiva a cada "fechar de livros", mas adoro o "abrir de livros" com ele. Dá pra entender?!
 

Entre meus preferidos do autor: Nas margens do rio Piedra eu sentei e chorei, Veronika decide morrer e O Alquimista. Recomendo a leitura e espero que gostem dos finais mais do que eu!

3 - Gula: Que livro você devorou sem vergonha alguma ou comeu escondida?
 
Com certeza foi Para Sempre. Pode-se dizer que devorei o livro mesmo porque li em duas noites apenas. Mas não foi o tipo de leitura mais fascinante não. É porque o livro é pequeno, a história é morna e acredito que fizeram um bem danado ao livro ao lançar o filme com um ator lindo lindo lindo! Enfim, minha gula foi esse porque "comi para acabar logo".

Já se tratando de livro ao meu ponto de vista não existe vergonha, então nunca li nenhum livro escondida e até as baixas literaturas têm vez comigo. Até Crepúsculo eu li (hahaha) vendi depois, mas li a obra toda! Não é vergonha em ler e sim em não ler!
 

4 - Preguiça: Que livro você tem negligenciado devido à preguiça? E qual demorou mais para ler?


O Hipnotita de Lars Kepler definitivamente.
 
A história parece boa, o livro está lá em casa, mas já foi para a minha bolsa e voltou para a estante umas dez vezes. Pura preguiça de ler e sei que posso estar pecando por se tratar de uma obra excelente.
Joona Lina é um policial que investiga o terrível massacre de uma família sueca. A chave para dar início a essa investigação é Josef Ek, um dos filhos que sobreviveu e também e a única testemunha da série de assassinatos. O garoto, no entanto, não consegue se comunicar devido a seus graves traumas físicos e psicológicos.
Para evitar que mais alguém se torne vítima, Joona recorre a Erik Maria Bark, médico conhecido por suas habilidades de hipnose. O problema é que, por motivos pessoais, Erik tinha prometido nunca mais hipnotizar ninguém. É a partir daí que se inicia um mergulho profundo em mentes perturbadas e cheias de segredos.
Parece bom né?! Um dia eu leio!
***
 
 
Bem, demorei demais para ler Palácio de inverno do escritor John Boyne, eu achava a leitura um pouco maçante, a história não me tocou tanto, mas quando fui chegando ao final e tudo foi se desenrolando não conseguia largar mais o livro. Ao contrário do Paulo Coelho o "The End" dele fez toda a diferença para mim!
 
Trata-se de duas histórias contadas alternadamente entre capítulos. De um lado está Geórgui, que passa de um simples camponês à empregado do Czar mudando-se para o Palácio de Inverno. Do ouro lado conta a história de um homem já na velhice, mostrando antecipadamente o fim – isso causa empatia imediata, o leitor quer saber como ele chegou naquele momento, o que obviamente se revela aos poucos.
Recomendo aos leitores que gostam de dramas inteligentes e surpresas e cair o queixo.
 
 
5 - Orgulho: que livro você tem mais orgulho de ter lido?
 
 
O Retrato de Dorian Gray do meu amado Oscar Wilde. Uma obra dessas deveria estar no topo de todas! Com certeza é uma das obras que mais tenho orgulho de ter lido! A história e conhecida de todos visto que já foi até adaptada ao cinema, mas vou relatá-la rapidamente porque não consigo me conter!
 

Dorian Gray é um belíssimo e muito ingênuo rapaz que em determinado momento é retratado pelo artista da época chamado Basil Hallward em uma pintura perfeita. Devido beleza da obra e por ter colocado tanto de si nesse trabalho, o pintor decide presentea-lo com ela ao invés de expô-la. Acontece que um amigo do pintor chamado Lorde Henry Wotton (um homem cínico e fútil da aristocracia) afeiçoa-se a Dorian Gray e o leva a conhecer os prazeres do mundo, suas belezas e luxurias.
 
 
Dorian era especialmente bonito e fazer parte desse mundo foi fácil par ele que começa a prezar cada vez mais sua beleza a ponto de se apaixonar pelo seu prórprio retrato. Sua obseção pela perfeição foi tamanha que ele faz um "pacto" para continuar sempre jovem e perfeito como no quadro que por sua vez passa a sofrer em seu lugar todos os sinais da natureza humana.
Simplesmente perfeito!!!
 
 
6 - Luxúria: quais atributos você acha mais atraentes em personagens masculinos/ femininos?
 
 
Hum, depende da obra. Gosto de homens sarados, fortões e agressivos ao mesmo tempo em que prefiro os mais inteligentes e sensíveis. Assim como as mulheres tem destaque quando são fortes e inatingíveis, mas se fazem irresistíveis quando são doces e puras. Tudo depende da obra. Mas é fato que um personagem bem construído faz o leitor corre com a leitura e ao contrário disso o ajuda a abandonar a obra!

Sei que já terminei inúmeros livros apaixonada e é isso que me faz buscar outros títulos do escritor! Tenho como exemplo todos os personagens das obras que cito na resposta abaixo por exemplo.
 
Além desses posso deixar de exemplo o personagem chamado Rob J. Cole do livro O Físico. Um garoto que após perder sua família começa a acompanhar um Barbeiro (que ná época antiga era os médicos) e aprender suas habilidades. É uma coleção de três ou quatro livros que você acompanha seu crescimento, seu primeiro amor e por aí vai... Foi a primeira coleão que li e o primeiro personagem que me apaixonei! (aiai...).
 
 
7 - Inveja: Quais livros você gostaria de ter escrito? Qual obra está sendo falada por aí que só você não leu?
 
 
Eu vou além de escrever um livro apenas, eu gostaria de ter criado a coleção da J.R Ward chamada Irmandade da Adaga Negra.
 
Todos aqui sabem que sou apaixonada por vampiros, mas estes são diferentes (eu juro que são). Quem começa a ler não para mais por ser uma obra tão bem construída e tão diferenciada de todas que já conhecemos.
 
A coleção de dez livros até agora, conta a história de uma irmandade de vampiros saradões e apaixonantemente agressivos que lutam contra um inimigo que quer dizimar sua raça. São vampiros que se alimentam do sangue somente de fêmeas e vice e versa, e não saem por aí mordendo humanos, alias os humanos não tem nada a ver com isso quase.
 
 
Tenho inveja mesmo da obra que ela criou e gostaria de ter tido essa idéia antes (hahahaha).

***
 
Já Belo Desastre é o livro que estou desejando ultimamente e por falta de grana ainda não comprei. Parece-me um romance desses bem comuns, mas vou fazer o que?! Eu quero!
 
E você? Tem alguma dica para me dar? Quero saber o que vocês gostam de ler. Que tipo de pecado costumam cometer?

19 comentários

  1. Oi Cá, adorei o post, e no fundo sinto um inveja fendi kkkk gostaria muito de ter mais saco pra ler tantos livros, a leitura nos enriquece muito!
    confesso que li pouco e a maioria é cliche. Mas ai vai o meu in e meu out:
    in: comer rezar amar, a cabana, uma breve historia do tempo.
    out: O retorno do jovem principe (continuação autorizada e pobre do pequeno pricipe)
    desejo cliche de novo: 50 tons de cinza
    hahaha beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hummmm amiga, tô lendo 50 tons... e te digo que até agora to adorando.
      Terá resenha aqui com certeza!

      Excluir
  2. Adorei ver.Lindo ver teu relacionamento com os livros. Interessante também!beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Camila, bem bacana mesmo o post! Dei uma viajada por aqui dentro destes "7 pecados da leitura" caso eu fizesse igual...mas precisaria de um tempo para elaborar minha listinha rsrs Mas um livro que eu adoraria ter escrito - se eu tivesse algum talento, é claro, embora o que eu diga pode soar como heresia - é "A Morte de Ivan Illitch", do Tolstoi. Incrível como o genial russo era capaz de escrever grandes romances como "Guerra e Paz" e "Anna Karenina" e escrever pequenas novelas como "A Morte..." e "Padre Sérgio" com tamanha destreza, profundidade...é genial!

    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, vou procurar essa dica tua com certeza. Obrigada!

      Excluir
  4. Post excelente, Camila! Também gostei muito de O Físico e achei interessante seu comentário sobre os finais do Paulo Coelho. Você já pensou em criar um final alternativo pra eles? Não precisaria escrever. Sei que sua vida é corrida. Mas inventar um final resumido num parágrafo poderia ser um bom exercício. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlinha, não seria pretencao minha querer mudar o final do Paulo Coelho? Olha que esse idéia seria no mínimo interessante! Hehehe
      Se um dia o fizer te mostro kkk

      Excluir
  5. Oi Camaila,
    Sua pergunta é muito longa e complexa para responder, mas vou deixar uma dica, pois acho este livro imperdível: "O Amor Nos Tempos do Cólera", de Gabriel Garcia Marques. Não conheço uma única pessoa que tenha lido e não gostado. O livro é maravilhoso. Eu li e reli trocentas vezes.
    xoxo

    Gosto disto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh que bom. Nem preciso falar do meu amor pelos clássicos. Vou procurar para ler. Bjs e obrigada!

      Excluir
  6. Hehehehehhehehe legal Camilinha, essa postagem foi muito bem bolada!

    Uns livros que lí e recomendo são: Chatô o rei do Brasil, Uma entrevista com Deus (a trilogia toda), Os três mosqueteiros e Hobbin Hood (classicos), Noticias do Planalto, Corações Sujos.
    Hahahahahahaha estou lendo bem aos pouquinhos um chamado "As mulheres", parece muito bom!!!

    ResponderExcluir
  7. Eu odeio e odeio o Paulo Coelho. Li alguns e depois cabou-se a intenção.

    E não ler é mesmo a vergonha. Estou aqui pura vermelhidão.

    Você é meu orgulho, Camilinha...
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda te faço ler viu... me aguarde e verás! Algo vai te despertar para isso um dia e sera aqui! Kkkkkk

      Excluir
  8. Adorei a brincadeira, ficou muito interessante unir os sete pecados com os livros. ^--^ Bem criativo na verdade. Bom, eu poderia dizer que tenho um pecado que não faz parte dos 7 pecados, eu li toda a Saga Crepúsculo há muitos anos, porém nunca admito isso. (Até agora) XD HaHaHaHa No fim li apenas para saber do que as pessoas tanto falavam e achavam interessante, porém não vi muitas coisas interessantes nele, puro romance mel com açúcar não me atrai. Se fomos falar de modinhas adolescentes, eu prefiro Harry Potter =P HaHaHa
    Boa quarta!!!
    ;3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hum... li tb. Os dois e tb prefiro Harry Potter. Mas nao tenha vergonha não. Ler só faz bem!

      Excluir
  9. Que post legal, CAmila! Muito criativa essa relação que você fez. Gostei!
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!!! Ninga relação com os livros é assim. Penso neles o tempo todo.

      Excluir
  10. Putz, amei esse post... Se eu fizer minha versão lá no Bagunças, vc ñ briga comigo ñ? rsrsrs
    Fui bem mão de vaca com O Senhor dos Anéis e comprei os três livros a dez contos cada, e eu sinceramente ñ vejo qual o problema com Crepúsculo, deixe ele ser bobo e fofo mesmo que tá bom, hehehe, nunca li Paulo Coelho e nem tenho paciência pra começar a ler, comecei a ler Dorian Gray e achei chato demaaaais, logo parei.
    E bom, o que falar de JR Ward? O que eu surto com aqueles livros dela ñ é piada. Ai, Ai, Zsadist que o diga kkkk
    E transmissão de pensamento outra vez, também tô super curiosa pra ler esse Belo Desastre.
    Ah, e bom saber que tem outras pessoas dando umas lidinhas em 50 tons por debaixo das cobertas, né Dona Camila? kkk
    Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hua hua hua to lendo e delirabdo com o charme daquele Sr. Grey ... ai ai
      Agora Ward é fora do comum pra mim tb. Sou apaixonada naqueles vampiros, todos eles.
      tenta ler Dorian Gray de novo que vc vai gostar hehhhe. Bjs

      Excluir
    2. Ahh eu espero que vc faça no teu. Eu adoraria ler viu.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...