[Livro] Um Romance Inesquecível - J. R. Ward

Peço desculpa aos leitores homens desse blog, mas o livro de hoje é para as mulheres. Bem, vai saber... Mas já estou avisando que se você é diabético ou coisa do tipo, não leia esse post (rs), ele será doce e quente!

Aviso dados e recebido, preciso dizer também que se existe algum escritor nesse mundo, capaz de me fazer ler um romance erótico por conta própria, esse escritor é uma mulher e é a J. R. Ward.


Sinopse: As mulheres mais influentes de Manhattan estão sendo assassinadas e Grace, uma linda herdeira da alta sociedade e famosa por sua fabulosa fortuna, é um possível alvo. Relutante, porém vulnerável, ela contrata John Smith para ser seu guarda-costas: um homem intransigente que está disposto a tudo para protegê-la. Ao mudar para o apartamento de Grace o sentimento entre eles começa a mudar. Ela se sente atraída por John, que dita as regras para sua segurança. E ele também não contava com esse desejo incendiário que o tira de qualquer lógica racional. Enquanto as noites de verão começam a ficar cada vez mais quentes, Grace e Smith precisam enfrentar uma escolha crucial: seguir os mandamentos profissionais para afastá-la do possível assassino ou se entregar ao sentimento dessa paixão.

Classificação

Não perco mais meu tempo com essas leituras eróticas, são sempre "mais do mesmo" e uma enxurrada de Mr. Greys que pelo amor de Deus, mas a Ward escreve como ninguém e depois de ler quinze (isso mesmo, você leu certo: 15) romances delas e ter adorado todos eu sou obrigada a me render.

Eróticos é, definitivamente e exclusivamente, com ela.

Li Um Romance Inesquecível cantarolando a música "I'll aways love you" da Whitney Houston, sim, porque a história me lembrou muito a do filme o guarda-costas e por isso me fisgou. É o romance da minha geração, me deixa, estou romântica hoje.


John Smith é tudo que uma mulher poderia desejar: Forte, imbatível, lindo, sexy, sedutor e guarda-costas, mas como todo romance erótico precisa de um "porém", ele é exatamente o que quer ser e não abre mão de sua vida atribulada por nada.

Grace é uma condessa moderna. Mulher forte e determinada (chupa Anastácia) que luta com toda a garra para se manter no topo da empresa de sua família. Sabe muito bem o valor que o dinheiro tem e gosta de ser quem é também, nas não atropela ninguém por isso.

Acontece que uma série de assassinatos começam a rondar Grace que não vê outra opção a não ser contratar um guarda-costas. E é aí que ela se estrepa.

E ele também...
E eu também, que já fiquei apaixonada pelo guarda-costas na página 2. 
Me sentindo a Whitney...

A atração é instantânea e quase sufocante. Ah, tá eu sei que essa coisa de que te vi há 3 minutos e já te amo não existe, mas aqui podemos acompanhar a transição que começa cheia de respostas irritadas e desafios desnecessários entre um e outro (ok, é engraçado de acompanhar). Fica claro que a atração física é o ponto de partida e o amor só nasce depois... Beeeeem depois. Eu falo, a Ward sabe o que está fazendo, minha gente.

Para quem escreveu (escreve) uma coleção de mais de 10 livros sobre vampiros magníficos, outra de anjos e mais uma porrada de romances e todos muito bem elaborados, um guarda-costas é fichinha. (Sem ofensas John Smith).

Escritora J. R. Ward
O legal dessa escritora é que não ficamos focados só no romance o tempo todo. Tem sempre uma ação acontecendo, um perigo mortal, uma perseguição que acelera as coisas e que divide as páginas, mas o amor sempre vence aqui. Eu falei que seria uma resenha doce.

Também não podemos ignorar a minha paixão por Machos Alfas. Se quiser ler mais sobre eles, tem aqui ó: Machos Alfas.

A tão falada coleção da Irmandade da Adaga Negra
Ainda farei resenha de todos aqui.
Sei que nessa imagem já falta dois outros exemplares que estão sendo lançados lá nos EUA. 

As cenas são quentes, mas não chegam a ferver. Os romances da Irmandade da Adaga Negra são bem mais eróticos, mas o gostoso é a transição de John, reconstruindo toda sua carcaça de durão ao ser quebrado pela frágil condessa.

Ela também não fica atrás. É uma mulher incrível e determinada. Perfeita para ele. Ward não nos deixa com sede por muito tempo. As páginas são recheadas de um vai e vem emocional incrível e mesmo quando as coisas "parecem" da errado, acabamos suspirando.

Essa capa é a unica coisa que não gostei. Não tem nada a ver com a história.
O cara nem tem cabelo! O John Smith é careca e eles nunca se sentariam em um banco dessa forma!
#chateada

O detalhe que tortura John é: Realizar seu trabalho, que é uma das coisas que ele mais ama na vida ou quebrar todos os protocolos e se jogar nesse romance, algo que ele sempre preferiu tomar distância. O que vocês acham?

Em relação às surpresas e grandes desfechos esse também não fica muito atrás dos romances convencionais, o tal assassino não é um segredo muito grande, as atitudes de ambos em relação ao romance também não, então não espere uma obra prima do amor. O que diferencia essa obra das outras é a forma com que é contada e é isso que falo da Ward o tempo todo, esse dom é só dela.

Eu sou franca ao dizer: Não suporto mais romances eróticos, não tenho paciência e nem tempo para eles, mas lerei qualquer coisa que a J. R. Ward escrever.

Ofereço esse post para a pessoa mais doce e romântica que conheço: Carla Ceres! <3 div="">

7 comentários

  1. Olá, Camila.
    Confesso que geralmente livros assim não me chamam a atenção, mas como você disse que a obra não é exclusivamente focada no romance, talvez eu dê uma chance. Isso de variar o foco me agrada demais.
    Ótima resenha.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de fevereiro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
  2. Olá Camila!
    Li Um Romance Inesquecível e gostei muito, ainda não tinha lido nada da autora, e me surpreendi positivamente com a história dela. Concordo que essa capa realmente não tem nada a ver com a história viu? E ah, como eu queria um guarda-costa desses haha
    Adorei a resenha!

    Beijos,
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginasblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Camila, eu também não tenho paciência para ler estes romances que parecem ser todos iguais, mas confio na sua sugestão, vou procurar para ler este... beijos e um ótimo feriadão!!!

    ResponderExcluir
  4. Blergh + argh + eca!!! Obrigada, Camila! :p

    ResponderExcluir
  5. Realmente concordo com os demais comentários, nunca fui muito fã de livros românticos, mas fiquei cobiçada em procurá-los.

    Beijinhos.
    http://nossomundorose.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Camila,
    Eu vi a capa achei que seria maior drama e li a resenha O.O
    Universo muda a capa DÁ TEMPO!

    Lembra bastante O Guarda-Costas por isso PRECISO!
    Ainda vou me arriscar na série dos vampiros!

    Tenha uma linda semana ♥
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  7. Oi Camila,

    Eu adoro essa autora justamente pelos livros de IAN e tenho curiosidade em ler outras coisas dela. Esse já está nos meus desejados e pretendo ler em breve. Tomara que goste tanto quanto você. =)

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...