Serpentes, como as conheci.

Ps: Leiam as legendas nesse post!

Acredito que seja um dos animais que mais apavoram as pessoas. Minha avó não pode ouvir falar o nome que já sente pânico.


Confesso que não nasci com total simpatia por serpentes, ao entrar na faculdade de biologia meu sonho era ser botânica, mas a zoologia me conquistou.
No primeiro semestre os professores já falavam de estágio e eu em um ato de desespero pedi para trabalhar no laboratório da própria faculdade.

Philodryas olfersii: (Cobra Verde) - Sempre foi minha preferida!

Bem, não existia estágio lá ainda, nunca tinham pedido isso pó motivos óbvios, a sala era cheia de serpentes, e foi uma luta para conseguir e quando deu certo foi um misto de vitória e receio! O que eu faria em um laboratório cheio de bichos que eu morria de medo. Acho que as pessoas nascem com medo de cobra e vivem sua vida toda assim mesmo sem ter visto uma de fato. Acreditem elas podem ser muito sedutoras!

Micrurus albicinctus: Coral Verdadeira em uma coloraçaõ pouco convencional.

Ao entrar pela primeira vez para trabalhar, foi hilário. Meu orientador conta até hoje que encostei na bancada e fiquei meio que petrificada com todas aquelas aranhas (sim, eram as que mais me davam desespero), As cobras ficavam tão bem trancadas que não me preocupei tanto.

Foto do laboratório
O tempo foi passando e fui me acostumando a andar entre aqueles animais e ai começou o interessante da natureza. É nesse momento que nasce o respeito. É tão gratificante trabalhar com animais porque eles seguem uma linha perfeita de instinto e se você tiver a educação de não invadir seu espaço, tudo fica bem!

Epicrates cenchria cenchria: (cobra arco-iris) meu chodó, tem esse nome porque brilha no sol!
(mas não é o Edward)
Foto minha
Tínhamos uma Urutu Cruzeiro no laboratório e juro, era a mais mansa de todas, colocávamos ela no chão para limpar sua baia e ela ficava quietinha. As aranhas pararam de fazer minha boca secar de pânico e eu comecei a amar os animais peçonhentos!

Eu e meu orientador com uma Python reticulatus albina (Piton Albina)
Bem, pedi um curso para meu orientador, já que eu era a que mais gostava de trabalhar lá ganhei essa honra e recebi o certificado de MANIPULAÇÃO DE SERPENTES que consistia em pegá-las onde quer que elas estivessem e guarda-las em suas baias sem o uso de luvas ou metralhadoras (hahaha), apenas com um gancho e a mão mesmo.

Meu anél hahaha
Além disso, ganhei minha primeira mordida de uma Sucuri (a famosa anaconda) que me deixou um pouco assustada ao ser colocada no chão e se exibir com seus longos e poderosos 3 metros. Foi falha minha, a deixei estressada com todas minhas tentativas! (umas 14 no mínimo)

Eunectes murinus: A famosa Anaconda
Foto do laboratório

Fora isso, tenho milhões de histórias para contar de coisas que aconteceram durante meu estágio. Meu orientador se tornou meu amigo e fomos até viajar juntos. Eu trabalhava lá com outro amigo meu que hoje é comissário da TAM e nos divertíamos muito também.

Esse post serve para que? Não é para me dar créditos de pessoa corajosa! Faz muito tempo que não trabalho com esses animais, mesmo sendo minha paixão, aprendi nesses 3 anos que quanto mais eu as conheço (serpentes), mais eu as respeito e claro, isso vem junto com um certo temor! Sei bem o que elas podem fazer, não era bonito o estado dos ratos que eram dados de almoço para elas!

Naja, ainda verei uma!
Na verdade eu queria mostrar a beleza que é um animal com esse poder, gostaria de fazer todos entenderem de uma vez por todas que não é porque você tem medo que deva apoiar a morte desses répteis, eles lutam pelos seus filhotes e pelo seu território. Nós que invadimos a casa deles, não espere ir para uma mata e ser bem recebido por elas!

Lachesis muta: (surucucu)
Fora isso a beleza desses animais me deixa maravilhada. Não, elas não são animais do demônio, nem são assassinas, não são úmidas, geralmente estão bem sequinhas e não soltam um bafo que mancha você, isso tudo é folclore!
Selecionei algumas fotos para mostrar a vocês, algumas são do laboratório outras não, mas todas fizeram parte do meu curso!
O som do chocalho. A pele de uma Cascavel se raspando é algo inesquecível!  A demonstração que ela dá de seu poder é hipnotizante.

Crotalus durissus terrificus: Cascavel
Foto Particular

O barulho da cauda de uma Jararaca irritada é amedrontador! Arrepia!

Bothrops jararaca: Jararaca bebezinha
Foto Particular
O som que sai da boca de uma Jiboia é impressionante, é o bafo que todos falam.


Boa constrictor amarali: Jiboia


A calma de uma Urutu é de deixar maluco, ela parece um psicopata observando sua próxima presa, sempre calma!

Bothrops alternatus: Urutu Cruzeiro
Foto Particular
A preguiça da Periquitambóia engana, ela pode parecer sonolenta, mas está sempre alerta.


A agilidade da Cobra Verde é divertida, camuflagem perfeita.
(na mata)
Aqui em um dia de fuga, tentando se camuflar com a porta do armário!
Acho que tentou ser uma corda verde! LINDA!

O tamanho da Sucuri é assustador, descomunal, puro músculo.
Sucuri - Anaconda
E você o que pensa das serpentes?!

31 comentários

  1. Camila,

    Li o post todo! Inteirinho. E quando abri a página, pensei: não vou ler isso! Não por desmerecê-la, mas por eu ter verdadeiro pavor de cobras e qq bicho que se rasteje.. pavor mesmo!

    Mas fiquei tão curiosa para entender como vc perdeu o medo que eu fui lendo... não prestei mta atenççao nas fotos... hauhauahuaa... mas li.

    Que bom q vc superou seu medo! Eu acho cobras e serpentes nojentas.... as acho traiçoeiras
    mas nunca tive uma "aproximação" com elas para entender o instinto desses bichos, e assim, ter alguma admiração.

    sei que admiro você, por enfrentar seu temor e hoje em dia encará-las tão bem. Parabéns!

    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu cocordo com vc!

      Excluir
    2. parabéns pelo o q escreveu, adorei achei muito interessante

      Excluir
    3. parabéns pelo o q escreveu, adorei achei muito interessante

      Excluir
    4. eu acho serpentes excepicionais

      Excluir
  2. oi Camis,

    perdão,
    mas é seu primeiro post que me deixou aterrorizada,
    não posso nem ouvir falar,
    sou idêntica a sua avó,
    e para conseguir ler tudinho que escreveu,
    tinha que ficar escondendo a imagem com minhas mãos...
    que horror...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Eu não tenho pavooor, mas tenho medo, engraçado q minha mãe só de ver foto fica arrepiada de tanto medo e pavor. Pra mim é eu no meu cantinhos e as cobras no cantinho delas rsrsr Bjus

    ResponderExcluir
  4. Oi Camila,
    Eu fui em uma palestra sobre serpentes e tive a oportunidade de colocar a mão nelas. Elas são secas e macias. Bem limpas.
    Hj eu teria pena de ver animais em laboratórios e se me acostumasse com elas, as libertaria. Eu iria dar trabalho em uma faculdade destas!
    Beijos 1000 e uma semana maravilhosa para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  5. As serpentes já são mal vistas desde a Bíblia, desde a história de Adão e Eva.

    É como você disse, são bichos curiosos, belos e curiosos. Impõe respeitado, respeitando. Não avançam se não forem incomodadas (salve raras exceções). Aranha eu acho repugnante. Mas cobra, admiro. Porém, encostei em uma apenas. Gelada que só ela. Acho muito legal, que pessoas como você, tentem desmistificar toda o pré-conceito que há em cima delas.

    Beijão

    ----
    Site Oficial: JimCarbonera.com
    Rascunhos: PalavraVadia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adorei o post, Camila. Eu não tenho cisma com cobras. Até brinquei com algumas. Gosto delas porque são sequinhas e elegantes. Medo mesmo, eu tenho de sapos e lagartos. Sei que é bobagem, mas tenho. Das fotos deste post, prefiro a JoanaConda, a Edwarda, a verde, a anelzinho e aquela primeira, com chifrinhos e olhar irônico. Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Tempos atrás eu nem teria vindo aqui comentar, pois tinha verdadeira ojeriza às bichinhas cabulosas. Em filmes com a participação delas, então, vixe maria! Hoje eu já consigo olhar pra elas na TV sem maiores traumas, mas pessoalmente, dispenso.
    Mas isso não implica dizer que sou a favor das matanças, o lugar delas é na natureza (até quando existir) e o homem que se mantenha distante... Cada um na sua. Rsrs.
    Agora as aranhas, aí não dá. Socorroooooooo!

    Gostei tanto de ler sobre o seu amor pelas coisas que faz. Bacana!

    ResponderExcluir
  8. Post muito original. Vc, Camila, é mais corajosa do que eu. Gosto de roça, muito! Os grandes poréns são as cobras(os insetos também-rs).

    Observando em fotos, e bem de longe(rs), as cobras são belos animais.

    Certamente, que vc, e todos aqui, devem ter ouvido falar de casos de sucuris que engoliram seres humanos. Deve ser terrível!

    Nunca havia ouvido falar da periquitambóia.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha cuidado Roderick, não acredite em tudo que vê na net! Cobras não comem pessoas! Acidentes acontecem! kkkkk
      Bjos

      Excluir
  9. Camila que coragem vc tem ... acho lindo ...
    mas morro de medo de cobras.

    O seu comentário no blog... q bom que gostou querida.
    mas o texto não é meu... é uma música do Oswaldo Montenegro.
    Então acho q não tem problema vc publicar por aqui tbm
    Coisa boa tem é que ser espalhada não é??
    agradeço a sua sempre presença no Blog.
    beijos p vc ***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh eu sei que é do Oswaldo Montenegro, só pedi para não parecer que estava plageando teu blog kkkkkk
      bjos!

      Excluir
  10. Camila, pela primeira vez, confesso que rolei sua página, mal li o texto pois não tinha como visualizá-lo sem que os olhos não captassem as imagens. Admiro a coragem dos que se aventuram junto a essas espécies, já eu prefiro ficar a quilômetros! Ui!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. È raro acontecer, Camila, mas já aconteceu. A última notícia sobre tal fato, li num jornal há muitos anos atrás, quando nem existia internet.

    Abraços

    ResponderExcluir
  12. aiiiiiiiiiiiiiiii camila putz! tenho horror a cobra até nas fotos fui.....rs

    ResponderExcluir
  13. Adoramos o seu blog,é maravilhoso sempre estamos por aqui conferindo todas as novidades.
    Bjs da Glorinha.
    Continuamos com a campanha Google +1
    http://sbrincos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Tenho um fascíno pelos animais peçonhentos, vejo todos os programas a respeito, mas nunca tive muito contado com nenhum, exceto quando eles aparecem pela nossa frente, o que não é comum com quem mora na cidade.

    Acho que animais peçonhentos são como vilões do reino animal, daí vem a minha fascinação por eles.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  15. Camila, sorry, sou eu, again.rs
    Se tiver curiosidade leia a polêmica sobre cobras que engolem seres humanos.

    http://www.pescaki.com/index.php?/topic/3016-sucuri-engole-pescador/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Roderick, bom dia!
      Já vi essa reportagem também. Veja só, cobras não comem humanos salvo quando estes invadem seu espaço deixando-a insegura. Provavelmente ela iria regurgitar esse homem e não deu tempo, a mataram antes. Isso porque? Porque cobras não comem humanos, nossa carne não presta para os animais!

      Mas é claroooo que ela se defende como pode, na verdade ela mata por constricção, engolir é consequencia! Infeliz esse homem, eu não queria estar no lugar dele! Hehehehehe

      Beijão!

      Excluir
  16. Bom dia, Camila.

    Obrigado por me esclarecer, afinal sou leigo. rs

    Pelo que entendi, as cobras têm um gosto apurado, pois deve ser péssima, a carne humana.rs

    ResponderExcluir
  17. Legal Cami, sua matéria! Obrigado pelas informações!

    Feliz Dia da Mulher pra você, leitora e amiga Meio Desligada!
    Meu Beijo.

    ResponderExcluir
  18. Gostei muito da postagem porquê nos só queremos ver o nosso lado.uma serpente se sente ameaçada e ataca e nós seres humanos atacamos muitas vezes sem sermos icomodados e nos achamos no direito de julgar esses animais traiçoeiros.

    ResponderExcluir
  19. Espetacular!!! Estou pra começar um estágio com essas lindinhas também..e já estou apaixonada!!!

    ResponderExcluir
  20. Mas as serpentes são mesmo apaixonantes, nós faamos muito da peçonha dos riscos, mas marimbondos também são perigososo, enfim existe acidente hoje ate com cães domesticos, mas o que vc disse e bem verdade basta respeita-las , e ve a perfeição da natuteza ,a final um animal sem membros, que dizem ser surdo e enxergar mal , como pode ser um predador eficiente? E quanto ao estado do ratos, nos também nos alimentamos de outras especieis, a morte nunca é bonita, porem pra natureza morte é parte da vida e pronto rsrs parabpens pela postagem

    ResponderExcluir
  21. Qual, é a espécie da primeira foto, fiquei curioso......

    ResponderExcluir
  22. Vou ler seu comentário pára uma turma de 4 ano, com a qual estudarei as serpentes nesta semana. Quero contribuir pra desmistificação destes animais! Lindo!

    ResponderExcluir
  23. Gostei muito do seu blog as fotos das cobras ficou lindas, gostaria de saber si vc tem ou sabe onde encontro uma foto de frente da jararaca pois estou fazendo um trabalho sobre captopril, e seria muito interessante uma foto da cobra.

    obrigado.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...